COOPAVEL ALIMENTOS

20 de fevereiro de 2009

COLUNA DO MALESKI

DESINCOMPATIBLIZAÇÃO
O Secretário de Assuntos Comunitários, Adelino Ribeiro (sem partido), afirmou que tem data certa para apear do governo Edgar Bueno, abril, “isto se ele não me mandar embora antes”, disse. Adelino quer deixar a Secretaria para estar apto a disputar as eleições de outubro do ano que vêm e para isto, precisa se desincompatiblizar do cargo no prazo da Lei Eleitoral. Adelino quer disputar pela segunda vez uma cadeira na Assembléia Legislativa. Dá primeira vez conseguiu mais de 20 mil votos e ficou na primeira suplência do PMN. Agora, acredita que possa fazer mais.

MUDANÇAS
A cara do governo Edgar Bueno mal começou a ser conhecida e já tem hora para mudar. Adelino sai em Abril para ser candidato a deputado estadual e o Secretário Chefe de Governo, Atair Gomes, deve ser o próximo. Ele afirmou recentemente que não pretende ficar mais que um ano no governo, durante entrevista a Valdomiro Cantini (CBN).

RECIPROCIDADE
Em entrevista ao programa ‘Bate Rebate’, nesta quinta-feira (19), o pré-candidato sem partido, Adelino Ribeiro disse que espera sim o apoio político do prefeito Edgar Bueno para sua candidatura. “Eu espero que o apoio seja recíproco. Eu o apoiei para prefeito. Mesmo que o filho André seja candidato, acho que vai cumprir o compromisso de me ajudar”, disse.

ESQUECIMENTO I
O deputado federal Hermes “Frangão” Parcianello, protagonizou durante a inauguração de mais uma ala do Hospital da Uopeccan, uma inusitada situação de esquecimento. O deputado, em meio a eloqüente discurso, resolveu chamar o presidente da Uopeccan, Ciro Kreus para entregar, em mãos, um oficio do Ministro da Saúde, José Gomes Temporão, garantindo a fundo perdido, R$ 2,7 milhões para aquisição do Acelerador de Radioterapia Linear. Mas quando foi pegar no bolso o documento, este não estava. Apalpou o bolso esquerdo. O direito do paletó. Os bolsos internos, das calças e nada. Ai teve que dar um sorriso amarelo e pedir socorro ao irmão Márcio para buscar o documento que esqueceu no carro. Se o deputado tivesse acessado o www.blogdomaleski.blogspot.com teria conseguido uma cópia do oficio.

ESQUECIMENTO II
O deputado federal Hermes “Frangão” Parcianello não deve ficar constrangido por esquecer um simples oficio na hora do discurso. Isto acontece. O importante é ter conquistado mais um investimento para o Hospital do Câncer da Uopeccan.
É muito melhor esquecer oficio do que esquecer de arrumar recursos federais para suas bases. Porque tem deputado cascavelense que só faz crescer o bico. Na hora da eficiência; nem ofício, nem verbas federais.

LEI DE IMPRENSA I
Está para ser julgada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a ação na qual o PDT pede a derrubada da Lei de Imprensa. A expectativa é de que o Supremo conclua que essa legislação, que foi estabelecida durante o regime militar, está em desacordo com a Constituição Federal - promulgada no retorno do País ao regime democrático, a Carta prevê a liberdade de comunicação. O STF deverá afirmar que os códigos Penal e Civil são suficientes para embasar as ações e decisões envolvendo suspeitas de calúnia, injúria e difamação. Além deles, também deve servir de base a própria Constituição.

LEI DE IMPRENSA II
Na semana passada, o relator da ação, ministro Carlos Ayres Britto, informou que o processo está pronto para ser julgado. Em um julgamento ocorrido em fevereiro do ano passado, o STF já deu sinais de como vai decidir agora o mérito da ação do PDT. Os ministros confirmaram a validade de uma liminar que suspendeu 20 dos 77 artigos da Lei de Imprensa. Até que o tribunal decida o mérito da ação, afirmaram ainda os ministros do STF, os juízes estão autorizados a usar os códigos Penal e Civil para julgar os processos.

AMOP
Será no próximo dia 27 de março a eleição para novo presidente da Amop (Associação dos Municípios do Oeste do Paraná). Desta vez a eleição deve ser decidida entre Eliser Fontana (PP - Corbélia), Aparecido José Willer Júnior (PMDB- Jesuítas) e Elias Carrer (PMDB – Medianeira). Por enquanto, os três são os mais cotados nas conversas de bastidores da entidade.

ACAMOP
O vereador Mário Seibert (PTC) que já foi vice-presidente da Acamop (Associação de Câmaras e Vereadores do Oeste do Paraná) entrou de cabeça na campanha. Ele conseguiu esta semana o apoio do presidente da Câmara de Cascavel, Marcos Damaceno (PDT) e da maioria de seus pares.

VAPT & VUPT
*
Um economista avaliou a situação do mercado para a coluna e afirmou; “a situação do mercado financeiro anda tão ruim, que já tem mulher casando por amor”.

2 comentários:

  1. "Casando por amor"... hsiaushiaushiasia

    ResponderExcluir
  2. Que que é isso amanda? Romeu e Julieta... onde ficam?
    Ahahahah!

    ResponderExcluir